A NOSSA HISTÓRIA

DAMOS-TE AS BOAS-VINDAS À THE BODY SHOP

A nossa história começou em Brighton, Inglaterra, em 1976. Tudo começou com a nossa fundadora, a Dama Anita Roddick, e a sua crença em algo revolucionário: que as empresas podiam ser uma força para o bem. Seguindo a sua visão, temos vindo a quebrar as regras, sem nunca fingir e a gerar mudanças ao longo de mais de 40 anos.

a carregar
Anita Roddick a encher frascos

“As empresas moldam o mundo. São capazes de mudar a sociedade de quase todas as maneiras que possas imaginar.”

Dama Anita Roddick

FUNDADORA DA THE BODY SHOP

NÃO SOMOS UMA EMPRESA DE COSMÉTICA COMUM

Quando a The Body Shop abriu as suas portas em 1976, era uma pequena loja pintada de verde nas ruas de Brighton, Inglaterra. A sua abordagem no que diz respeito à beleza era radicalmente diferente da dos grandes intervenientes na indústria da cosmética. Era simples – ingredientes de origem natural obtidos de forma ética um pouco por todo o mundo, em embalagens simples que se pudessem facilmente encher. Produtos e rituais de beleza feitos para todos os corpos, que fizessem as mulheres sentirem-se bem na sua pele – sem nunca lhes prometer que se iriam parecer com outra pessoa.

a carregar
Primeira loja da The Body Shop

“As dimensões sociais e ambientais estão entrelaçadas no tecido da própria empresa. Não são o primeiro nem o último dos nossos objetivos, mas sim uma parte contínua de tudo o que fazemos.”

Dama Anita Roddick

FUNDADORA DA THE BODY SHOP

PIONEIROS NA MUDANÇA SOCIAL

Há mais de 40 anos, este tipo de abordagem estava um passo à frente. Com a paixão de Anita Roddick pelo planeta e por realizar campanhas para defender diversas causas, a The Body Shop foi sempre mais do que apenas uma marca de beleza. Tinha um propósito – lucro e princípios a funcionarem em harmonia. Os nossos produtos nunca foram testados em animais e ninguém foi explorado ao serem produzidos. Nós trabalhámos de modo justo com agricultores e fornecedores e ajudámos comunidades a prosperar, através do nosso programa de Comércio Justo com Comunidades. Hoje, existem cada vez mais marcas a seguir os nossos passos e estamos felizes por lhes darmos as boas-vindas. O mundo precisa disto.

a carregar
Dama Anita Roddick

“A beleza é uma expressão externa de tudo o que tu gostas em ti.”

Dama Anita Roddick

FUNDADORA DA THE BODY SHOP

a carregar
Mulher a segurar o seu ombro

BELEZA REDEFINIDA

Quando a The Body Shop começou, a indústria da beleza tinha ideias muito definidas sobre qual devia ser o aspeto das raparigas e das mulheres. Mas Anita Roddick também tinha as suas ideias. Ela acreditava que a beleza era a fonte de alegria, conforto e autoestima de uma pessoa. Era o que gostavas em ti, o que te fazia sentir bem. Ela acreditava que os seus produtos de beleza eram mais uma rotina de amor próprio do que as promessas falsas de emagrecimento e antienvelhecimento que proliferavam na indústria da beleza. Ela não queria criar produtos para que as mulheres tivessem um determinado aspeto, mas sim para as ajudar a serem a melhor versão delas próprias.

“Acho que as práticas comerciais iriam melhorar imenso se fossem guiadas por princípios «femininos».” Dama Anita Roddick – FUNDADORA DA THE BODY SHOP

a carregar
Anita Roddick numa multidão de mulheres

EMPODERAR MULHERES E RAPARIGAS

Anita Roddick tinha um coração ativista. Foi isso que deu à The Body Shop o nosso propósito único e a nossa energia para gerar mudanças sociais. Uma verdadeira feminista e ativista pelos direitos humanos, construiu a marca empoderando mulheres e raparigas com cada produto e cada decisão da empresa, lutando pela igualdade e criando oportunidades para as mulheres, através do nosso programa de Comércio Justo com Comunidades. Princípios como a inclusividade, colaboração e compaixão (alguns rotulados como "femininos"), são a base da nossa marca.

a carregar
Anita Roddick

O NEGÓCIO COMO UMA FORÇA PARA O BEM

A The Body Shop assenta no ativismo e a nossa história de campanhas começou em 1986. Anita Roddick associou-se à Greenpeace na campanha Save the Whales para lutar contra a caça comercial de baleias e promover o óleo de jojoba como substituto para o óleo de esperma de baleia, que era amplamente usado em cosméticos nessa altura. Começámos em grande. Começámos como desejávamos continuar. Hoje, somos uma marca global de confiança, com décadas de ativismo bem-sucedido, e estamos numa posição única para dar voz às preocupações de milhões de clientes e levar as nossas causas aos grandes decisores de todo o mundo, para assegurar mudanças positivas de longo prazo.