People Petitioning

Be Seen. Be Heard Global Youth Report

Compreender a participação política das gerações mais jovens

A The Body Shop e a Enviada do Secretário Geral das Nações Unidas para a Juventude colaboraram num relatório conjunto sobre temas que afetam as gerações mais jovens. Continua a ler para descobrires algumas das principais conclusões do relatório.

a carregar
An empty room for politicians to gather

Todo os dias, milhares de decisões importantes sobre o futuro do nosso planeta são tomadas, mas há milhares de milhões de pessoas jovens que não participam, de forma alguma, nessas decisões. Não têm voz, nem poder nem a possibilidade de moldar o mundo que vão herdar.

A The Body Shop e a Enviada do Secretário Geral das Nações Unidas para a Juventude colaboraram num relatório conjunto sobre temas que afetam as gerações mais jovens. É o maior relatório de sempre da The Body Shop, com respostas de 27.043 pessoas de 26 países, das quais 14.160 têm menos de 30 anos.

O Be Seen. Be Heard. Global Youth Report procura abordar algumas das falsas narrativas mantidas sobre a população mais jovem, que são usadas como argumentos para impedi-la de participar ativamente na vida pública. Aqui está um resumo do panorama geral.

PRINCIPAIS CONCLUSÕES

a carregar
Girls reading on a bench

Existem imensas pessoas jovens. A população jovem mundial entre os 15 e os 24 anos representa quase 16% da população mundial global, aumentando para 50% se considerarmos jovens até aos 30 anos. Espera-se que este número venha ainda a crescer e que atinja os 57% até ao final de 2030. É expectável que nasçam cerca de 10,9 mil milhões de pessoas durante este século.

a carregar
Two girls walking down steps

Atualmente, apenas 2,8% dos parlamentares, a nível global, têm menos de 30 anos. Isto é demasiado baixo. A nível global, a idade mínima exigida para uma candidatura é, em média, de 22,5 anos, 4 anos a mais do que a idade mínima de voto. O relatório debruça-se sobre o porquê e o como esta diferença de idades está a inibir a juventude de ser mais ativa.

Mais abaixo encontras um breve resumo do relatório completo da The Body Shop e do Escritório da Enviada do Secretário Geral da ONU para a Juventude. Se tiveres tempo, lê a versão completa e original aqui.

As pessoas mais jovens são muitas vezes rotuladas erroneamente como desinteressadas pelas questões cívicas, sociais e políticas. Não o são. De todo. Também não são um grupo homogéneo. Têm experiências e preocupações diversas e envolvem-se em assuntos públicos de muitas e diferentes formas. De protestos à liderança comunitária, o relatório constata que a juventude já está ativamente envolvida na política, mas não nos espaços formais onde são tomadas as decisões que afetam a sociedade.

 

As pessoas sentem que os sistemas políticos não funcionam e a confiança nas instituições é baixa. 84% das pessoas acham que os políticos agem por interesses próprios e 75% das pessoas consideram que são corruptos.

Existem argumentos sólidos para envolver mais a juventude, inclusive dando o direito de voto a jovens de 16 e 17 anos. Os resultados do Be Seen. Be Heard. Global Youth Report mostram isso mesmo. Todos as faixas etárias questionadas consideram que a idade mínima de voto ideal anda entre os 16 e os 18 anos. 8 em cada 10 pessoas, de todas as idades, acham que a idade mínima de voto deveria ser de 18 anos ou menos.

Em todo o mundo, a juventude já está ativamente envolvida na política. Por exemplo, é muito mais provavel que pessoas com idades entre os 15 e os 17 assumam cargos de liderança comunitários do que pessoas com mais de 60 anos.

A juventude protesta porque não se sente escutada em lado nenhum. A pesquisa da The Body Shop descobriu o motivo pelo qual jovens entre os 15 e os 23 anos têm 4 vezes mais probabilidade de terem participado ativamente em protestos, do que pessoas com mais de 30 anos.

Mas a maioria das pessoas concorda que o equilíbrio de idades na política está errado e mais de dois terços (69%) das pessoas de todas as faixas etárias concordam que mais oportunidades para jovens terem voz na política tornariam os sistemas políticos melhores.

Queres saber mais sobre a importância de respeitar as necessidades e direitos da juventude, enquanto parte integrante da sociedade?

Faz download do relatório completo
Blue background

JUNTA-TE À NOSSA CAMPANHA PARA DAR VOZ ÀS PESSOAS JOVENS E AUMENTAR A SUA PARTICIPAÇÃO NA VIDA PÚBLICA

a carregar